MODELAGEM MATEMÁTICA DO DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA

  • FABRÍCIO SILVA SATIRO
  • LUCAS MORAIS MELO

Resumo

O objetivo deste trabalho é obter um modelo matemático que permite fazer
estimativas, em termos percentuais, da parcela da população brasileira que possui
ensino superior completo, baseando-se apenas nos dados do Censo Demográfico do
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Censo da Educação
Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
(INEP), realizando-se, assim, uma análise do desenvolvimento da Educação Superior
no Brasil. Para isso, é utilizado um modelo de crescimento logístico e um modelo de
crescimento linear. O erro relativo médio obtido foi de aproximadamente 3,15% para
o modelo logístico e de aproximadamente 0,81% para o linear, podendo-se considerar
estes valores relativamente baixos, tendo em vista que os dados trabalhados
naturalmente podem conter erros, pois são projeções estatísticas. Conclui-se que os
modelos se ajustam muito bem aos dados. Além disso, são realizadas estimativas da
porcentagem da população brasileira que irá possuir formação em ensino superior,
em um intervalo de 10 anos, de 2020 até 2060, seguindo a tendência de cada modelo.

Publicado
2020-12-23
Como Citar
SATIRO, F., & MELO, L. (2020). MODELAGEM MATEMÁTICA DO DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA. Revista Científica E-Locução, 1(18), 20. Recuperado de https://periodicos.faex.edu.br/index.php/e-Locucao/article/view/281