EDUCAÇÃO AMBIENTAL E GESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: os 5 Rs da sustentabilidade

  • ARANTXA CARLA DA SILVA SANTOS
  • ALTEM NASCIMENTO PONTES

Resumo

O objetivo deste artigo foi analisar o processo educativo referente à reciclagem dos
resíduos sólidos urbanos no Brasil. Para isso, foi explorada a evolução da gestão de
resíduos sólidos urbanos a partir da Política Nacional de Resíduos Sólidos e da coleta
seletiva presente nos municípios brasileiros; também foram estudados os conceitos
relacionados à reciclagem sob a vertente dos “5 Rs” da sustentabilidade. Em termos
metodológicos, a pesquisa foi quali-quantitativa e exploratória, consistindo na coleta
de dados obtidos através do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil da Associação
Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, com informações
ligadas à geração, coleta e destinação de resíduos sólidos. Constatou-se uma
significativa produção anual de resíduos sólidos urbanos em virtude do alto consumo
e da falta de gestão sustentável, e embora existam avanços referentes à coleta
seletiva, muitos municípios ainda não possuem um descarte correto para os seus
resíduos sólidos, ocasionando problemas ambientais, sociais e de saúde. Com isso,
se faz necessário investir em Educação Ambiental que oriente a população a reduzir,
recusar, reciclar, repensar e reutilizar.

Publicado
2021-11-26
Como Citar
SANTOS, A. C., & PONTES, A. (2021). EDUCAÇÃO AMBIENTAL E GESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: os 5 Rs da sustentabilidade. Revista Científica E-Locução, 1(20), 18. Recuperado de https://periodicos.faex.edu.br/index.php/e-Locucao/article/view/407