RENTABILIDADE DE CARTEIRA DE INVESTIMENTOS POR MEIO DE DIVIDENDOS SINTÉTICOS

  • ALECXANDRO PELLIN
  • EDISON LUIZ LEISMANN

Resumo

Este artigo tem como objetivo demonstrar a rentabilidade de uma carteira de
investimentos por meio do lançamento coberto de opções, também conhecido como
dividendos sintéticos. Este tipo de estratégia visa obter retornos adicionais sobre o
capital investido além da possível valorização do ativo. Adicionalmente, apresenta-se
a evolução da mesma carteira sem o uso da estratégia do lançamento coberto de
forma comparativa. O ativo escolhido para este estudo foi o da empresa Petrobrás
S.A. (PETR4) por sua elevada liquidez no mercado de capitais brasileiro. Os estudos
foram realizados com a intenção de demonstrar o comportamento da carteira em dois
momentos distintos do mercado financeiro: no ano de 2019 e em 2020 por se tratar
de um ano atípico e de grande volatilidade e oscilação de preços dos ativos em
decorrência da pandemia causada pelo Covid-19. Os resultados apresentaram um
rendimento adicional na carteira de 10,15% durante o período de estudo em relação
a uma carteira convencional de BuyandHold, sendo os melhores resultados obtidos
em um mercado menos volátil e em tendência definida como em 2019. Este trabalho
traz resultados e contribuições acadêmicas para os estudos sobre o tema de
investimentos com o uso de derivativos, além de contribuir na atuação de futuros
investidores no mercado financeiro.

Publicado
2021-06-29
Como Citar
PELLIN, A., & LEISMANN, E. (2021). RENTABILIDADE DE CARTEIRA DE INVESTIMENTOS POR MEIO DE DIVIDENDOS SINTÉTICOS. Revista Científica E-Locução, 1(19), 18. Recuperado de https://periodicos.faex.edu.br/index.php/e-Locucao/article/view/329