LIDERANÇA E O NOVO PARADIGMA DO PODER

  • Mailson Alan de Godoi
  • Sarah Aparecida da Cruz

Resumo

O artigo trata da crise no desenvolvimento de liderança e dos novos paradigmas ligados a Gestão de Pessoas. Por meio da revisão bibliográfica sobre as novas tendências da liderança, pretende-se realizar uma análise histórica da relação entre líder e liderado nas organizações e corporações a fim de compreender o contexto atual da liderança. Parte do pressuposto de que a liderança mudou e se faz necessário um novo contrato social que regulamente a relação entre líder e liderado. Três conceitos serão determinantes na abordagem: poder, autoridade e influência. Percebe-se que com o passar dos tempos, o modelo tradicional de liderança – fundado na autoridade e no status – entrou em crise devido a uma ascensão de influência dos seguidores. Dois fatores contribuíram para o fortalecimento dos seguidores: as transformações na cultura e a revolução tecnológica – com a globalização impulsionada pelos meios de comunicação em massa. Em meio a estas transformações, urge refletir sobre a função do líder e do seguidor nas instituições coerente com o contexto do século XXI. A abordagem mostra que o contexto atual da liderança é paradigmático e a ideia de um novo contrato social merece ser estudada a fim de entender o desenvolvimento da liderança na sociedade. O fato é que a cultura das pessoas mudou e o impacto na liderança foi direto. Propõe-se, portanto, um modelo de liderança não centralizado no líder, mas que envolva o seguidor como elemento constituidor do poder.

Publicado
2014-06-20
Como Citar
Godoi, M., & Cruz, S. (2014). LIDERANÇA E O NOVO PARADIGMA DO PODER. Revista Científica E-Locução, 1(05), 19. Recuperado de http://periodicos.faex.edu.br/index.php/e-Locucao/article/view/69