Divulgação da Remuneração dos Administradores e o Impacto no Retorno da Ação nas Empresas Familiares

  • Fernando de Almeida santos PUC-SP https://orcid.org/0000-0002-1716-2802
  • Rafael Siqueira Mingone Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Neusa Maria Bastos Fernandes dos Santos Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Palavras-chave: Governança Corporativa, Teoria da agência, Remuneração dos administradores, Conflito de interesse, Empresas familiares

Resumo

O objetivo deste artigo é identificar se houve impacto no retorno da ação das empresas familiares que divulgaram a remuneração dos administradores. O método escolhido para investigação do problema foi o estudo quantitativo de eventos. O universo para este estudo são as empresas negociadas na B3 que passaram a ser obrigadas a reapresentarem o Formulário de Referência, contendo 49 empresas. Os dados secundários foram extraídos da Comissão de Valores Mobiliários. Os retornos foram calculados a partir do preço de fechamento diário das ações extraídos da Plataforma Economática. O método escolhido para investigação do problema foi o estudo de eventos. No Brasil, este assunto tem gerado grandes debates desde a publicação da Instrução CVM 480 (ICVM 480) que obrigou as companhias abertas a divulgarem a remuneração mínima, média e máxima dos administradores de cada órgão social (conselho de administração, diretoria e conselho fiscal). Portanto, este artigo contribui com a investigação de possíveis indícios de que a divulgação da remuneração dos administradores de empresas familiares impactou de forma estatisticamente.

Biografia do Autor

Rafael Siqueira Mingone, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Mestre em Ciências Conta´beis e Atuariais pela PUC-SP

Neusa Maria Bastos Fernandes dos Santos, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Professora do Mestrado - Pontífica Universidade Católica de São Paulo

Publicado
2020-07-14
Como Citar
santos, F. de, Mingone, R., & Santos, N. (2020). Divulgação da Remuneração dos Administradores e o Impacto no Retorno da Ação nas Empresas Familiares. Revista Científica E-Locução, 1(17), 27. Recuperado de http://periodicos.faex.edu.br/index.php/e-Locucao/article/view/197