ÓRGÃO LINHA OU STAFF? Um estudo de caso nos setores de Auditoria Interna e Controladoria de uma empresa do ramo atacadista

  • LUIZ GUSTAVO DE CASTRO OLIVEIRA
  • VIDIGAL FERNANDES MARTINS

Resumo

Muitas vezes a prática nas empresas difere do que é exposto em algumas bibliografias, ou seja, pode haver algumas adaptações da teoria nas organizações, conforme o perfil, características e necessidades de cada uma delas. Nesse contexto, no que se refere às estruturas formais das organizações, o objetivo deste estudo consiste em verificar se a Controladoria da organização é órgão de linha e a Auditoria Interna é órgão de staff, de fato, conforme consta na literatura. A presente pesquisa é delineada como exploratória, com abordagem qualitativa, desenvolvida por meio de um estudo de caso único. Foram realizadas duas entrevistas, envolvendo o gerente Financeiro e o gerente da Auditoria Interna. Por meio dessas entrevistas, verificou-se que de acordo com o descritivo das atividades, funções e hierarquia de reporte de decisões e informações, tanto as atividades de Auditoria, quanto as atividades de Controladoria, podem ser classificadas como órgão de staff, contrariando a forma como algumas bibliografias apontaram anteriormente.

Publicado
2017-12-09
Como Citar
OLIVEIRA, L., & MARTINS, V. (2017). ÓRGÃO LINHA OU STAFF? Um estudo de caso nos setores de Auditoria Interna e Controladoria de uma empresa do ramo atacadista. Revista Científica E-Locução, 1(12), 18. Recuperado de http://periodicos.faex.edu.br/index.php/e-Locucao/article/view/148

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>